De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Que Horas São?

Quem vem lá???

online

Posts recentes

De regresso...

Seguidinhas...

Andando pela "Montanha Ru...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

E o Guga?...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

Voltando a pôr a escrita ...

Voltando a pôr a escrita ...

Quantos São?!?!? Quantos São?!?!

free html counters
Dell Coupons

 

 

 

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

40 Anos (4 Jun 1964 / 4 Jun 2004) - Dedicado ao meu Pai

Chamava-se Manuel
 
Vestia um fato cinzento
As mãos cruzadas sobre o peito
Um aspecto pardacento
 
Chamava-se Manuel...
 
Tivera um boné de ardina
Uma mala de jornais
Um ar sério mas traquina
 
Chamava-se Manuel...
 
Fôra criado em Lisboa
Mas viera do Norte
Em busca de vida boa
 
Chamava-se Manuel...
 
Geria as suas vendas
Criava os seus filhos
Para ele eram duas prendas
 
Chamava-se Manuel...
 
Ainda hoje olho o seu retrato
Desde o dia
em que partiu
Em quatro de Junho de sessenta e quatro
 
Chamava-se Manuel...
 
Vestia um fato cinzento
As mãos cruzadas sobre o peito
Um aspecto pardacento
  
 
4 Jun 2004
Sinto-me:
tags:
Publicado por Visitante às 00:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
1 comentário:
De Xana a 16 de Setembro de 2010 às 23:46
Um belo poema, com tanto para alem do que se lê. Adorei. Bjs Xana

Comentar post

GENESIS - FADING LIGHTS