De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Que Horas São?

Quem vem lá???

online

Posts recentes

De regresso...

Seguidinhas...

Andando pela "Montanha Ru...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

E o Guga?...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

Voltando a pôr a escrita ...

Voltando a pôr a escrita ...

Quantos São?!?!? Quantos São?!?!

free html counters
Dell Coupons

 

 

 

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Quinta-feira, 18 de Setembro de 2008

Uma caminhada que acabou em fotografia...

Boa noite, Visitantes

 

 

Hoje decidi desobedecer às recomendações clínicas e lembrei-me de fazer uma das minhas lendárias caminhadas a pé.

 

Nada de corridas!Mas quando eu ando, ANDO!

 

Pois este vosso amigo, após sair do serviço, decidiu-se a caminhar um pouco.

 

Assim, tomei a direcção da Praça José Fontana e virei na direcção do Largo D. Estefânia.

 

Depois, comecei a descer a Rua Pascoal de Melo até à Av. Almirante Reis, onde eu pensei apanhar o metro para casa.

 

Mas as minhas pernas não obedeceram às indicações de parte do meu cérebro. A outra parte mandou-as continuar...

 

E assim continuei até à Praça do Chile, com um pequeno desvio por uma das minhas "capelas" (é assim que eu designo as lojas de instrumentos), mas não parei.

 

Comecei a subir a Rua Morais Soares, passando por entre grupos de brasileiros em grande algaraviada (e eu, divertido, pensando cá com os meus botões: "Mas estes tipos foram colonizados por portugueses ou por espanhóis? Chiça, que eles falam alto!..." ).

 

Virei para a Praça Paiva Couceiro. Ainda pensei em apanhar o autocarro 35... mas...

 

Que diabo!, a caminhada estava mesmo a saber-me bem!!!

 

E continuei pela Av. General Roçadas, até chegar a Sapadores.

 

Aí, pensei esperar pelo eléctrico 28, mas as pernas estavam desobedientes...

 

... e lá fui eu "atrás delas"...

 

Cheguei ao Largo da Graça (ocorreu-me a memória dos meus padrinhos...), e apontei na direcção do Miradouro.

 

Aí, sim, parei um bocado.

 

E saquei do meu "tijolo". A luz estava espectacular!!! 

 

Aproveitem bem, pois estas fotos foram tiradas há pouco mais de duas horas, na minha bela cidade de Lisboa!

 

A Mouraria, a zona do Martim Moniz e parte da Baixa, a partir do Miradouro da Graça.

 

Os hoteis Ritz e Meridien. iluminados; em primeiro plano a zona do Intendente, e ao fundo à direita o Parque Eduardo VII.

 

O Miradouro da Senhora do Monte, e à sua direita, a Albergaria. Ao fundo, à esquerda, o Hotel Sheraton.

Fotos HM

 

Mas eu não estava satisfeito, queria andar um pouco mais.

 

Assim, meti pernas ao caminho pela Calçada da Graça abaixo, e vim parar às Portas do Sol.

 

Lá saquei outra vez do meu tijolo...

  

A partir do Miradouro das Portas do Sol, o Convento de S. Vicente de Fora e o zimbório de Santa Engrácia; e um pouco de Alfama em primeiro plano.

 

A Igreja de Santo Estêvão, mais um pouco de Alfama... e o Tejo, com as Luzes do Montijo lá ao fundo.

Fotos HM

 

 

Eu amo esta cidade.

 

É nela que eu vivo... e, sobretudo, onde me sinto VIVO!

 

Tenho uma fortíssima ligação a este monte de casas por vezes tão maltratadas, a estas ruas estreitas...

 

 

Tenham uma boa noite

 

 

Visitante

Sinto-me:
Música: "Esta Lisboa Que Eu Amo"
tags: ,
Publicado por Visitante às 22:41
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
15 comentários:
De Margarida a 19 de Setembro de 2008 às 01:35
Que maravilha Henrique!
Parabéns...
Valeu a pena o passeio, só espero que o joelho não se ressinta.
boa noite
beijinho
da Margarida
De Visitante a 19 de Setembro de 2008 às 09:19
Olá, Escorpiona Linda

Ressentiu-se, sim

Mas "que se lixe a taça", a minha cirurgia está para breve, por isso...

Beijinho, minha Amiga/Alma Gémea
Henrique
De Margarida a 19 de Setembro de 2008 às 01:41
Volto de novo aqui, para elogiar a música...Grandes Moody Blues....Grande música....Hoje não fazes anos, mas estás de Parabéns pelas escolhas, neste teu canto muito aprazível.
(de vez em quando estragas tudo com aquelas fotos daquele sujeito alto e pançudo que aparece por aí nos teus passeios...vá lá hoje não esteve lá.......
Rsssssssss
Parabéns Amigo
Margarida
De Visitante a 19 de Setembro de 2008 às 09:26
Como já te disse uma vez, os "Moody Blues" são uma das minhas referências de juventude, por muito "kitsch" que possam ser.

E gosto particularmente desta canção, que fala de memórias, sonhos, solidão e esperança.

Bem... Desta vez eu pude tirar fotos à vontade lá nas Portas do Sol, mas primeiro tive de esperar que o gajo apanhasse o eléctrico; ele andava por ali a rondar...

Beijinho, minha Amiga/Alma Gémea
Visitante
De Dina a 19 de Setembro de 2008 às 09:34
Parabens pelas fotos pois mais uma vez estão lindas....e que grande passeio,isso é que foi andar nem quero imaginar as dores nesse joelho depois de uma caminhada tão grande,mas tenho a certeza que valeu a pena pelo bem que soube.
Beijinhos
De Visitante a 19 de Setembro de 2008 às 11:09
Olá, Dina, e obrigado.

Não são propriamente as dores, é mais o mau estar...

Mas isto depressa passará...

Beijinho
Visitante
De D. a 19 de Setembro de 2008 às 12:27
Caro visitante,
gostei muito das fotos.
Fez-me sentir o cheiro dos meus tempos de menina e moça ,de quando ía a lisboa, ou dos tempos intervalados, em que lá vivi.
Hoje, é raro ir a Lisboa e quando o faço chego ao fim do dia extenuada ( a PDI e os ossos não perdoam).
Mas a verdade é que mal ponho os pés nessa cidade, sinto-me, liberta, eu, e muitas coisas mais.
Um abraço e obrigado por este bocadinho.
Doris.

De Visitante a 19 de Setembro de 2008 às 20:32
Olá Doris

Lisboa tem o seu encanto... aliás, imensos encantos!

Beijinho
Visitante
De TiBéu ( Isa) a 19 de Setembro de 2008 às 14:33
Adorei beijinhocc022.gif
De Visitante a 19 de Setembro de 2008 às 20:33
Obrigado, TiBéu

Beijinho também para ti
Visitante
De carmemzita a 19 de Setembro de 2008 às 20:21
"Ó cirandeiro, cirandeiro ó!"
A lente da tua máquina
brilha mais do que o sol!

Estás um verdadeiro mestre...de fotografia!
Com um olhar clínico, capaz de na penumbra,
nos arregalares a pestana da fantasia...e
desbravares o Ritz a té ao Montijo,
O Meridien, a Senhora do Monte e a Albergaria.

Ao fazeres a descrição...passeei contigo.
Mas não aguentei tanto como tu.
Acho quie apanhei o 28...rsrs, sempre vai para os Prazeres

Um beijinho
CarmenZita
De Visitante a 19 de Setembro de 2008 às 20:41
Sabes que eu conheço
A minha cidade, Lisboa
Do direito e do avesso,
com juízo... ou à toa

Meu olhar apenas vê
O encanto desta cidade
Afinal, fazer o quê?
Perante tamanha beldade!

Tinhas tanta falta de ar
De cansaço e afazeres...
A ponto de apanhares
O "chaço" para os Prazeres?

Cuidado com a tua pressa!
Tal não dê em despautério!
Para que não te aconteça
Ires parar ao cemitério...

hehehehe

Beijinho, Cigana Linda
Visitante
De parapeito a 22 de Setembro de 2008 às 11:10
Adorei passear por aqui...Relembrei a minha mouraria onde vivi em criança no Largo do Capelão...depois a Senhora do Monte que tantas vezes subi e desci quando ia ver a minha avózita Alice...S.Vicente quando ia ver a minha tia e aproveitava para ir até á feira da Ladra...ruas que tambem eu palmilhei tantas veses e o meu querido 28!
Belas fotos da nossa Lisboa...Gostei de acordar memórias...E continuo apesar de tudo a dizer...Cheira bem...cheira a Lisboa :)

E estamos no Outono...que seja ele para si cheio de cores douradas e quentes ***
Um abraço do tamanho do Tejo
De Visitante a 22 de Setembro de 2008 às 22:03
Olá, Parapeito, e bem vinda a este cantinho.

Se quiser seguir mais uns olhares meus sobre a nossa cidade, clique aqui:

http://visitante.blogs.sapo.pt/83263.html

http://visitante.blogs.sapo.pt/10303.html

http://visitante.blogs.sapo.pt/19237.html

http://visitante.blogs.sapo.pt/18939.html

http://visitante.blogs.sapo.pt/18019.html

Volte sempre!

Beijinho
Visitante
De Paula Ponte a 3 de Maio de 2010 às 23:38
Henrique

Quem não ama esta cidade?....
Amar e vivê-la, respirá-la e mergulhar n alma das suas gentes e cores.

Lisboa amada, sim.

Obrigada pelas fotografias deslumbrantes :-))

Beijinhos,
P.

Comentar post

GENESIS - FADING LIGHTS