De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Que Horas São?

Quem vem lá???

online

Posts recentes

De regresso...

Seguidinhas...

Andando pela "Montanha Ru...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

E o Guga?...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

Voltando a pôr a escrita ...

Voltando a pôr a escrita ...

Quantos São?!?!? Quantos São?!?!

free html counters
Dell Coupons

 

 

 

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

MÃOS VAZIAS

Não consigo deixar de pensar em ti
Não consigo esquecer o dia
Em que me afastaste de ti
 
Deixaste-me um sabor a vazio
A minha vida tornou-se de novo
Um vasto salão frio
 
Tento segurar algo de ti
Para prosseguir estas vias
De quotidiano sempre igual
Mas só sinto as minhas mãos vazias
E um silêncio sepulcral
 
Ataco o meu piano
Toco a nossa canção
Mas a minha voz falha
Embargada pela emoção
 
Ah como dói esta ausência
Como me magoa este frio
Nem a memória da tua presença
Consegue preencher o vazio
 
Debalde tento agarrar algo
Desta minha memória ensombrada
Mas só consigo ficar neste espaço
Com uma mão cheia de nada
Sinto-me:
Publicado por Visitante às 00:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

GENESIS - FADING LIGHTS