De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Que Horas São?

Quem vem lá???

online

Posts recentes

De regresso...

Seguidinhas...

Andando pela "Montanha Ru...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

E o Guga?...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

Voltando a pôr a escrita ...

Voltando a pôr a escrita ...

Quantos São?!?!? Quantos São?!?!

free html counters
Dell Coupons

 

 

 

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Terça-feira, 14 de Abril de 2009

Uma viagem de comboio...

 

 

 

Olá, Visitantes

 

 

Ora vejam lá do que este vosso amigo se lembrou de fazer no passado sábado: uma viagem de comboio entre o Barreiro e Setúbal.

 

Já se foram os tempos dos comboios ronceiros puxados por locomotivas "diesel" que se arrastavam linha fora debitando um valente monte de roncadores decibeis provenientes dos seus motores.

 

Hoje, o percurso é feito por unidades quádruplas eléctricas que a CP deslocou das linhas de Sintra e Azambuja para este eixo.

 

Uma coisa é certa: o tempo de viagem foi encurtado para cerca de 30 minutos.

 

Ainda estão em curso obras de modernização em várias estações entre o Barreiro, inclusive, e Pinhal Novo.

 

De qualquer modo, não quis deixar de "dar ao dedo" com o meu tijolo. E eis o resultado:

 

A estação do Barreiro - melhor dizendo, a parte da estação onde foi instalada uma linha nova e as catenárias - , com uma composição ali estacionada. A foto já é de Dezembro do ano passado, mas serve para ilustrar...

 

 

Já dentro do comboio em início de viagem, e ainda junto ao Barreiro, podemos observar o parque de material já abatido. Não é uma visão muito agradável o triste espectáculo de várias carruagens vandalizadas, exibindo janelas com vidros partidos e conspurcadas de "graffitis"...

 

 

No lado oposto, baldios...

 

 

No Lavradio, o Pavilhão do Fabril e o Estádio Alfredo da Silva, bem como a via rápida (IC21) que liga o Barreiro à A2.

 

 

Baixa da Banheira - Uma zona a precisar de requalificação...

 

 

Alhos Vedros - O contraponto...

 

 

Moita

 

 

... e um autêntico sarcófago industrial.

 

 

Penteado - A paisagem começou a mudar...

 

 

A entrada no Pinhal Novo, e a confluência com a linha do comboio que vai para Lisboa sobre a Ponte 25 de Abril.

 

 

... e a saída do Pinhal Novo, com a confluência da linha do Alentejo.

 

 
Venda do Alcaide

 

 

Palmela - O castelo

 

 

A entrada em Setúbal

 

 

Setúbal - o comboio parte com destino a Praias-Sado...

 

 

... deixando para trás uma estação em obras

 

 

Não se deixem enganar pela expressão de fastio - eu adoro viajar de comboio!

 

 

Fotos HM

 

 

Tenham uma óptima semana

 

 

Visitante

 

 

 

Sinto-me:
Música: "Downtown Train" (Rod Stewart)
Publicado por Visitante às 21:15
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
3 comentários:
De Ventania a 15 de Abril de 2009 às 08:16
Muito interessante esta tua viagem Barreiro Setúbal.
Admiro esta tua predisposição para viajar de todas as formas, mas esqueceste-te de referir que apanhaste um lindo Catamaran, da Soflusa, para chegar ao Barreiro é que assim podias ter dito que da estação fluvial avistavas o apartamento aqui da tua amiga de altos e baixos, que tem vista sobre o Tejo e da minha janela posso avistar a chegado dessses barquinhos que foram baptizados com nomes de poetas, por isso aqui te deixo duas pequena vestrofes du suposto poema que um dia
escrevi:


Foi Damião de Goes que me levou
Até Lisboa, meu destino
Na face uma lágrima rolou
Em silêncio, à vida cantei um hino,
Pensei na dor de tanta gente
Nos dias em que chamei pela morte
Mas neste dia tão especial, eu não me senti doente.

Ainda sobre as águas do meu amado Tejo
Meu glorioso dia se completou
Nas suas ondas o que vejo?
Fernando Pessoa com Damião de Goes se cruzou,
Com medo de quebrar o encanto
Abracei o mundo com amor
Antes que a alegria se transformasse em pranto...


Beijinho e obrigada pelos momentos em que me socorres quando sentes que estou a fraquejar.
E parabens por este magnífico blogg muito bem disposto e recheado dos mais diversos e intessantes temas.
Benilde Fontinha
De Ventania a 15 de Abril de 2009 às 08:19
Desculpem os erros
"vestrofe du " estrofe do
De Visitante a 15 de Abril de 2009 às 08:58
Minha querida "Amiga-de-Altos-e-Baixos"

Tu és uma das poucas pessoas que eu consigo "adivinhar". Por isso, consigo acorrer quando sinto que tu precisas de uma mão amiga.

Adoro este teu poema, misto de dor e de encanto.

Beijinho grande, Ventania
Henrique
Visitante

(P.S.: Que inveja daquela vista que tu tens sobre o Tejo aaaaghhhh)

Comentar post

GENESIS - FADING LIGHTS