De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Que Horas São?

Quem vem lá???

online

Posts recentes

De regresso...

Seguidinhas...

Andando pela "Montanha Ru...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

E o Guga?...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

Voltando a pôr a escrita ...

Voltando a pôr a escrita ...

Quantos São?!?!? Quantos São?!?!

free html counters
Dell Coupons

 

 

 

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Sábado, 9 de Maio de 2009

A história da ida a Beja (parte 1)

 

Olá, Visitantes

 

 

Era uma vez três Bloguistas que foram a Beja encontrar-se com outra Bloguista local, visitar a Ovibeja e assistir ao espectáculo de José Cid.

 

Depois regressaram a Lisboa e viveram muito felizes para sempre.

 

"End of Story".

 

...

 

Então?... Querem mais?!!!

 

... Ah, já percebi... As fotos?... Ok, é já a seguir...

 

Vamos então dividir estes meus "olhares" por algumas "secções".

 

Comecemos pela viagem. Foi um percurso tranquilo, de um sossego absoluto.Apenas um pormenor de somenos importância: o "ruído de fundo blablablablístico" provocado pela Analycia e pela CC...

 

Após uma viagem sem sobressaltos, com uma breve paragem em BERINGEL (e não "Beringela", como insistiam as minhas companheiras de viagem...), para um cafezinho e ... outras "escalas técnicas"... eis-nos chegados a Beja.

 

Primeira coisa a fazer: contactar a Isa Guerreiro. Assim se fez e logo se combinou o encontro nas Portas de Mértola para daí a um bocado.

 

Como tínhamos tempo, fomos dar uma primeira volta por alguns sítios de Beja, pois era a primeira vez que a CC visitava a capital do Baixo Alentejo.

 

Lá apontámos às Portas de Mértola, depois de ALGUÉM ter andado um pouco "aos papeis" com a localização.

 

E eis que nos encontrámos com a "Alentejanita Bonita", que vinha acompanhada de uma prima. As quatro meninas decidiram ir tomar café e eu, cavalheirescamente, aceitei acompanhá-las (que remédio, não é?...  arham!!!).

 

Escusado será dizer que a habitual pacatez daquele café foi absolutamente quebrada, não é?

 

Chegou o momento de nos separarmos por umas horas, pois a Isa tinha coisas pessoais a fazer. Para a janta, ela recomendou-nos o restaurante "A Muralha".

 

Como ainda era cedo, fomos dar uma voltinha a pé por algumas das artérias circundantes.

 

Já vos disse antes, em "posts" anteriores: eu adoro o Alentejo, apesar de ser alfacinha de gema. Consigo descobrir aqui a tranquilidade e o asseio que (infelizmente...) não encontro em Lisboa.

 

Sem mais palavras, olhem-me só estes recantos...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ora bem, eis-nos chegados ao momento da refeição e lá fomos nós jantar à "Muralha".

 

Uma particularidade: os donos deste restaurante são o Sr. José e a Carminho - sim, aquela mesma menina de sorriso encantador que acompanhou a Isa Guerreiro e a mãe a Rio Maior.

 

O Sr. José - ah sê maganão simpáticuuu!!! - e o seu empregado - é isso aí, seu chapa!!!  - foram espectaculares no atendimento.

 

E a comida?...  Ele foi torresmos de rissol e cachola frita para entrada!, ele foi umas plumas de porco preto de comer e chorar por mais!, ele foi umas enormes sobremesas!... Olhem-me bem para isto!

 

 

(Fotos HM)

 

 

Depois de tão lauto repasto, mais uma caminhada a pé, para digerirmos a comezaina...

 

Depois... a Ovibeja!

 

(Continua)

 

 

Visitante

 

 

 

 

 

Sinto-me:
Música: "Best Way to Travel" (Moody Blues)
Publicado por Visitante às 15:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

GENESIS - FADING LIGHTS