De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Que Horas São?

Quem vem lá???

online

Posts recentes

De regresso...

Seguidinhas...

Andando pela "Montanha Ru...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

E o Guga?...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

Voltando a pôr a escrita ...

Voltando a pôr a escrita ...

Quantos São?!?!? Quantos São?!?!

free html counters
Dell Coupons

 

 

 

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Quinta-feira, 7 de Outubro de 2010

Só visto!...

http://1.bp.blogspot.com/_HQP1ex_uW7E/S-NWo4zQsOI/AAAAAAAAAwM/oS7ekYLuh7o/s1600/calcas_de_cagar_em_pe.jpg

DR

 

 

 

Olá, Visitantes

 

 

Hoje assisti a uma das cenas mais caricatas desde que apareceu a moda das calças pelo meio do rabo.

 

(Devo desde já dizer que não me causa quaisquer engulhos o uso das calças naqueles preparos. Cada um veste o que quer e como quer, desde que o uso não seja ofensivo. Porém, no dia em que cairem as calças a um no momento em que fôr a correr e ele se estampar ao comprido com as cuecas ao léu, pode ser que se comece a reconsiderar sobre o desconforto que aquilo provoca...

 

... E isto para não falar já da ORIGEM desta moda... hehehe)

 

Mas ia eu contar a tal cena caricata.

 

Após sair do meu emprego, aprestei-me para percorrer a pé o caminho até à Estação de Entrecampos, onde costumo apanhar o combóio de regresso a casa.

 

(É um percurso sempre a direito, com cerca de dois quilómetros. Óptimo para um ligeiro exercício...)

 

A certa altura, deparei-me com um par de adolescentes.

 

O moço ia notoriamente a arrastar a asa à rapariga, conseguindo aos poucos levar a água ao seu moínho...

 

No entanto, os seus avanços eram constantemente interrompidos, pois o rapaz tinha decidido usar as calças, não pelo meio do rabo, mas precisamente ABAIXO...

 

O engraçado era que o moço usava uma camisola bastante comprida, cujo cós coincidia precisamente com o sítio onde ele tinha as calças presas...

 

Claro que, quando a camisola subia, via-se os "boxers" ao pequeno... e era vê-lo, qual rapariga de mini saia travada que sobe para além do limite, a puxar atrapalhadamente a camisola para baixo, entre um avanço e outro à moça.

 

Resultado: quem circulava por ali era por breves momentos prendado com a visão de um par de "boxers" de bela estampa...

 

Por meu lado, abrandei o passo para me divertir um pouco à conta daquela situação.

 

O rapaz, esse, nunca se deu conta do ridículo a que se prestou...

 

 

Tenham uma boa noite

 

 

Visitante

 

 

 

 

Sinto-me:
Música: "Baggy Trousers" (Madness)
tags: ,
Publicado por Visitante às 19:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

GENESIS - FADING LIGHTS