De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Que Horas São?

Quem vem lá???

online

Posts recentes

De regresso...

Seguidinhas...

Andando pela "Montanha Ru...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

E o Guga?...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

Voltando a pôr a escrita ...

Voltando a pôr a escrita ...

Quantos São?!?!? Quantos São?!?!

free html counters
Dell Coupons

 

 

 

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

Manhã de chuva (qual chuva?...)

20050105_-_Chuva_-_Wlady

Wadly (in galeria.brfoto.com.br/showphoto.php?photo=315...)

 

 

É engraçado...

 

Com este tempo chuvoso e frio, eu teria razões para estar resmungão e mal disposto.

 

Mas não... Sinto-me sereno. Sinto-me até... bem disposto e sorridente (sim, porque, para mim existe uma diferença entre o sorriso forçado e o sorriso sentido)...

 

Acordei sem necessidade de ouvir o rugir agudo do despertador.

 

Fiz o percurso entre a minha casa e a estação do Metro - que é sempre a subir... - com um sorriso nos lábios (e sem "bofes na boca"...  É nestas alturas que prevalece a minha preparação física...)

 

O eléctrico passou por mim "cantando" na curva (uuuuuuuu!) sobre os carris, como o faz sempre em tempo de chuva (se eu estivesse mal disposto, aquilo tornar-se-ia um uivo lacinante, ferindo os meus ouvidos).

 

Aspirei o ar da manhã.

 

(Já vos disse que eu adoro as manhãs...?)

 

Dirigi-me ao Metro. Nem o facto de ir para debaixo da terra me coarctou a boa disposição.

 

Recebi dos distribuidores os 825 jornais diários gratuitos que de um momento para o outro proliferaram por esta cidade fora.

 

Enquanto viajava na habitual quarta carruagem do metro, li um dos cabeçalhos: "Mau tempo vai durar até 5ª feira"

 

(Hmmm... mas está mau tempo?... Não tinha reparado nisso!)

 

Saí do Metro na estação "do costume" e percorri o restante caminho até ao café, onde tomei o pequeno almoço e li as "gordas" dos jornais.

 

(ooops... está a chover... tenho de abrir o guarda chuva...)

 

Depois, ao virar da esquina, olhei para aquele edifício onde tenho passado os últimos 32 anos e meio da minha vida (e acrescentem-se outros cinco nos andares "velhos" onde laborei no início da minha carreira profissional). O edifício mantém-se igual e hoje nem sequer tem aquela contra-luz das manhãs soalheiras... mas eu gosto "daquilo", pronto! 

 

Ok, definitivamente, eu hoje estou mesmo bem disposto, pá!...

 

Dei os habituais bons dias à recepcionista, subi ao meu piso, sentei-me à secretária, liguei o computador... e apeteceu-me escrever esta "coisa"...

 

 (aaaaa... era suposto eu já estar a trabalhar... shhhh! )

 

 

Com chuva ou sem chuva, tenham um bom dia.

 

Visitante

Sinto-me:
Música: "Rain" (Madonna)
tags: , ,
Publicado por Visitante às 08:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
9 comentários:
De Anónimo a 20 de Novembro de 2007 às 11:04
Olá Visitante:

Cá está a desaparecida........não em combate

Ao ler o seu post, levitei nas suas palavras e senti-me no local .

Eu também adoro as manhãs, principalmente ao fim de semana....

Chuva civil não molha militar!

Onde já ouvi isto?, seria na minha recruta?

Beijinhos solarengos.

M.M.



De Visitante a 20 de Novembro de 2007 às 13:12
Olá M.M.

Agora já não está tão desaparecida assim...

Hmmm... não me diga que foi das primeiras mulheres-militares em Portugal.

Militou em que arma, MM (se me é lícito saber...)?

Beijinho outonal
Visitante
De Anónimo a 20 de Novembro de 2007 às 13:49
Olá Visitante:


Em que arma militei????

Pensava eu que arma, correspondia a um objecto que pode causar danos fisicos, afinal vou ter que recorrer à minha caderneta militar

Uma mulher de armas, sou!

Beijinhos para si.

M.M.


De Visitante a 20 de Novembro de 2007 às 15:38
Reolá, M.M.

Em linguagem castrense, "a arma de" tem o sentido de "espécie", "grupo" (cavalaria, infantaria, etc.)

Devido à sua condição feminina, penso que a Arma em que militou foi a de "Cozinharia" e "Pastelaria"...

Beijinho
Visitante
(esquivando-se do míssil "panela de pressão" atirado por uma MM furiosa...)
De Cristal a 20 de Novembro de 2007 às 16:14
Ainda bem que hoje estás por aqui, já sentia a tua falta , prometo não contar a ninguém da "balda"

Beijos cristalinos
De Visitante a 20 de Novembro de 2007 às 16:53
Qual "balda" ?

De Cristal a 20 de Novembro de 2007 às 18:10
Qual balda???? a balda de estares ai no teu escritoriozito e brindares-nos com as tuas palavras eheheeeeheheheh.
Beijos cristalinos
De Ana Carvalho a 23 de Novembro de 2007 às 12:49
Linda sua manhã, sua caminhada. Você é que ilumina as manhãs com seus comentários e olhos poéticos. Seu caminho percorrido enche-se de luz e as pessoas que vem depois de você ainda sentem sua presença, sua luz. Isto que você faz ajuda as manhãs a serem mais bonitas ainda. Cuide sempre desse sorriso, um dia eu o receberei bem de perto.
Beijos de sua amiga.
De Visitante a 25 de Novembro de 2007 às 12:17
Obrigado, Ana.

Se eu te fiz sorrir... isso basta para que eu me sinta feliz.

E o sorriso "de perto" está prometido, quando e se vieres visitar os teus familiares a Portugal.

Beijinho
Visitante

Comentar post

GENESIS - FADING LIGHTS