De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Que Horas São?

Quem vem lá???

online

Posts recentes

De regresso...

Seguidinhas...

Andando pela "Montanha Ru...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

E o Guga?...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

Voltando a pôr a escrita ...

Voltando a pôr a escrita ...

Quantos São?!?!? Quantos São?!?!

free html counters
Dell Coupons

 

 

 

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008

Maré Viva (Sequela)

 

Fotos HM

 

 

De peito aberto,

Enfrento a muralha de água

Que me ameaça,

Se levanta ,

E impotente se esboroa

Num fragor de espuma...

 

De sorriso certo,

Afasto toda a mágoa...

A tristeza passa,

A minha voz canta...

E potente entoa

Sobre a bruma

 

Uma canção viva

De nova maré viva

 

 

Visitante

 

P.S.:

Estas duas fotos fazem parte de uma série que tirei no Calçadão da Gibalta, ontem ao fim da tarde...

 

Quase me custaram uma molha... rsss 

Sinto-me:
Música: "When The Tide Rushes In" (Moody Blues)
Publicado por Visitante às 21:20
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
5 comentários:
De MT-Teresa a 17 de Janeiro de 2008 às 07:18
Bom dia

Adorei as fotos, estão repletas de movimento e luz azul.

Deve ter sido por isso que a" mágoa se afastou" e a tua voz canta.."

Bj

De Visitante a 17 de Janeiro de 2008 às 09:18
Pois...

Mas desta vez, não quis estragar o ambiente com... "automóveis", como fiz com as fotos do Algarve... RSSSS

Beiji nho, minha Alf...azema Linda
Visitante
De carmemzita a 17 de Janeiro de 2008 às 22:28
Ah marinheiro de peito aberto
que enfrentas águas
ferozes mágoas
de um céu incerto!

Abre a cortina à neblina
rasga esse véu
deixa o céu
entrar na retina!

Beijinho
CarmenZita
De Visitante a 18 de Janeiro de 2008 às 08:59
Enfrentando
águas-mágoas ferozes
Vou "com tudo"
Navegando
Entre ondas atrozes
De peito aberto... e peludo!

Para perscrutar a neblina
Sem que a retina descole
Sim!, corro a cortina!,
Mas uso uns óculos de sol!!!

Beijinho, Cigana Linda
Visitante




De Benilde Fontinha a 15 de Janeiro de 2012 às 18:50
Se alguma delas
Sim! Das ondas revoltas!
Me quiser arrastar
Ou simplesmente embalar
Na sua branca espuma
Por certo que eu deixo
E nem sequer me queixo.

Porque lá no horizonte
Sim! Muito perto do Céu!
Onde o Sol descansa
É lá que mora a esp'rança
E num quieto espairecer
Sacio esta sede de infinito
E saio da sombra onde habito.

Comentar post

GENESIS - FADING LIGHTS