De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Que Horas São?

Quem vem lá???

online

Posts recentes

Alberto Vilaça

"Olha, a guerra acabou......

CHOVE-2

Uma efeméride...

De repente...

Melancolia (O Bar e o Rio...

Abril de 2007... Um lugar...

Vou candidatar-me à Natio...

A origem da palavra "Malg...

VELHO MOINHO

Quantos São?!?!? Quantos São?!?!

free html counters
Dell Coupons

 

 

 

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Sexta-feira, 18 de Maio de 2007

Melancolia (O Bar e o Rio)

D.R.

 

Boa tarde, Visitantes.

  

Há uns tempos atrás, fiz este "escrito rimado", inspirado numa ida à zona ribeirinha do Barreiro.

 

O título é o deste post

 

As "coisas rimadas" são as que se seguem:

 

O ar cortante e húmido fere a minha cara
Indiferente, saio do carro
Olho para a cidade na outra margem
(Se fumasse, puxava de um cigarro
só para compor um quadro
digno de uma filmagem...)
 
Cada vez mais obscuridade
O vento agita as ondas
Que quebram contra a muralha
Os pontos luminosos da cidade
São marcas redondas
De amarelo-mortalha
 
Viro as costas ao rio
Entro naquele Bar
Um arrepio...
...Recordar...
Sorrio...
Para não chorar...
 
Muito tempo          passado
Olho o espaço meio escuro
Subitamente         vazio
Viro costas e saio
Olho para o Rio
(Muito tempo        no futuro...)
 
 
Entro de novo no carro
Esqueço o cigarro
(Para quem já não fuma...
Que interessa?...)
O volante agarro
No passeio esbarro
(A minha boca espuma...
"Maçarico"! Qual é a pressa?!?)
 
Deixo para trás aquela imagem
De uma tarde na muralha
De outra tarde naquele bar
Agora é tempo de viragem
Arrumar a velha tralha
E a estrada retomar
 
... E (porque não?) noutro bar te reencontrar...

 

 

Visitante

Sinto-me:
Música: "Melancholy Man" (Moody Blues)
Segunda-feira, 23 de Abril de 2007

Abril de 2007... Um lugar... A memória

DR

  

 

Uma manhã de domingo, Abril de 2007.

 

A mesma alameda.

 

As mesmas escadarias.

 

Os mesmos recantos.

 

A mesma sala.

 

O som da minha própria voz percutindo uma e outra vez na minha memória as primeiras palavras... 

 

As imagens daquele dia passando pelos meus olhos em sobreposição às imagens do presente.

 

A memória...

  

In memoriam...

 

 

Visitante 

 

 

 

Sinto-me:
Música: "The Show Must Go On" (Queen)
tags: ,
Domingo, 15 de Abril de 2007

Vou candidatar-me à National Geographic Magazine...

 

É isso mesmo! Vou candidatar-me!!!

 

Ora bem, durante a minha visita desta manhã ao Castelo de S. Jorge, aqui em Lisboa, recolhi algumas imagens da fauna local.

 

Aqui estão os espécimes:

 

H.M.

 

Esclareço que estava a tentar fotografar os mosquitos que pairavam neste local...

 

 

H.M.

 

E não é que consegui fotografar este borrachinho?...

 

 

H.M.

 

Aqui cometi a proeza de fotografar o gato... e as pulgas que lhe provocavam a comichão...

 

 

H.M.

 

Aqui, lembrei-me de uma canção infantil que as meninas da creche onde eu andei entre os 4 e os 7 anos costumavam cantar:

 

"O ladrão do melro negro

Toda a noite assobiou

Cró-Cró-Rintintim

Ailí Ailô"

 

Memórias...

 

Às vezes pergunto-me onde andará essa miudagem (hoje cinquentona como eu)...

 

 

 

Visitante

Sinto-me:
Música: "Quando eu Era Pequenino"
Publicado por Visitante às 00:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 17 de Março de 2007

A origem da palavra "Malga"...

Boa noite a todos.

 

Decerto que todo vocês conhecem os dois objectos reproduzidos na foto...

 

 

Exacto: trata-se de umas vulgares tigelas.

 

Decerto sabem também que, em certas zonas de Portugal, as tigelas são chamadas "MALGAS".

 

Pois bem, a história que eu vou contar é verídica e passou-se comigo, um colega de trabalho e um advogado de Coimbra que na altura trabalhava para a minha empresa ("minha", é uma força de expressão, que eu ali não tenho nada a não ser uns meros 36 anos de serviço...).

 

Uma palavra para esse Advogado, pessoa que muito estimo.

 

Aquele homem sofreu agruras no "tempo da outra senhora", apenas porque tinha uma ideologia diferente.

 

Posso não concordar politicamente com ele, e não concordo.  Mas tenho um profundo respeito pela pessoa, pelo causídico e pelo político.

 

Mas vamos à história:

 

Estávamos nós os três "Estrada da Beira" fora a caminho de Arganil e esse Advogado, bom conversador, autêntica "enciclopédia" sobre Coimbra,  e possuidor de uma voz tonitroante - mesmo própria dos "advogados de barra", não sei se me percebem... - começou a explicar a origem da palavra "malga".

 

Assim, referiu o facto de o nome "malga" ter sido atribuído a determinadas tigelas por terem sido fabricadas em Málaga (Espanha).

 

Tratava-se, pois, de uma corruptela do nome da cidade.

 

Alguém (adivinhem quem... ) comentou: "Olhem se elas tivessem sido feitas em MÉRIDA"...

 

Esse advogado escreveu dois livros intitulados "De Memória em Punho". No segundo deles colocou esta história.

  

Acreditem: estou muito honrado por isso.

 

Um grande abraço, Doutor

 

Visitante

Sinto-me:
Música: "Coimbra"
Publicado por Visitante às 00:37
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 11 de Março de 2007

VELHO MOINHO

Foto H.M. -

Praia do Salgado, Serra dos Mangues (Nazaré), MAR 2007

 
 
Velho Moinho
Hoje desactivado
Ergues a tua torre para o céu
Em busca do vento
Que te assola
E move velas imaginárias
Que já não tens
 
Velho Moinho
Hoje desactivado
Manténs a pedra-mó
- pedra-pó -
Que tanta espiga esmagou
E tanta boca alimentou
 
Velho Moinho
Desactivado
Do alto dessa serra
Contemplas o mar
E desfias memórias
De barcos vogando
E contrabandistas
 
Velho Moinho
Desactivado
Mesmo transformado
Ainda és guardião e memória
De amores clandestinos
Celebrados ao luar
 
 
 
Visitante

 

 

 

Sinto-me: hmmmmm....
Música: "Come What May" (Nicole Kidman & Ewan McGregor)

GENESIS - FADING LIGHTS