De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Que Horas São?

Quem vem lá???

online

Posts recentes

Pondo a escrita em dia 2 ...

"Estão Perdoados"

Quantos São?!?!? Quantos São?!?!

free html counters
Dell Coupons

 

 

 

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Sábado, 21 de Novembro de 2009

Pondo a escrita em dia 2 - Um lançamento literário

 

 

Olá de novo, Visitantes

 

 

O título deste post - "Pondo a Escrita em Dia 2" - não poderia ter tido melhor aplicação para este caso.

 

Um belo dia, recebi na minha caixa de correio um convite para um lançamento literário.

 

Tratava-se de dois livros escritos por uma amiga minha, que conheci há já alguns anos nestas lides internáuticas, de nome Natália Vale, com os títulos "A Minha Tempestade e Outros Contos" (prosa) e "Emoções Inacabadas" (poesia).

 

Pois bem, não só aceitei o convite como também apareci no local do lançamento, no Palácio Galveias, em Lisboa, com armas e bagagens... ou, melhor dizendo, com teclas e aparelhagens... para animar as hostes e dar um arzinho musical ao evento.

 

Aqui está uma pequena sequência fotográfica, só para que possam ter uma ideia.

 

Os "tarecos" todos espalhados à entrada do salão onde iria ser feito o lançamento... 

 

 

O salão, antes da "invasão"...

 

... durante a "invasão"...

 

... e já com a "ocupação"...

 

... feita por este tipo que eu não conheço de lado nenhum...

 

... pois quem merece ser conhecida é esta menina, de seu nome Natália Vale...

Fotos HM

 

... que aqui se apresenta (não se assustem com o troglodita que vai aparecer por trás da autora, OK?):

 

 

Foi com o maior prazer que participei neste lançamento.

 

Beijinho, Lia!

 

 

 

Visitante

 

Sinto-me:
Música: "Ser Poeta"
Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008

"Estão Perdoados"

 

"Estão perdoados"

 

 

 

É esta singela frase que põe fim ao relato de um dos mais mediáticos casos de sequestro ocorridos em Portugal.

 

Este relato é-nos facultado no livro "20 HORAS". E quem o faz, com inteira propriedade e conhecimento de causa, pois acabou por ser o seu principal interveniente, é o Padre Júlio Lemos.

 

O lançamento do seu livro foi no passado domingo, dia 21, na Casa do Povo de Sabóia.

 

Uma Casa do Povo pequena para tanta gente - quer de Sabóia, quer de outros lugares onde ele deixou a sua marca - que fez questão de estar presente.

 

Eu tive ocasião de traçar aqui um pequeno perfil, baseado na minha convivência com o Júlio.

 

Dele diz  D. António Vitalino, Bispo de Beja, no prefácio do seu livro:

 

"Realmente o Pe. Júlio é diferente e não deixa ninguém indiferente. A sua alegria e espontaneidade no modo como vai ao encontro das pessoas e testemunha a sua fé em Jesus Cristo atrai uns e deixa outros estupefactos" 

 

Pois bem, tal como estive presente na sua ordenação como sacerdote (uma coisa que ele tanto almejou e pela qual tanto lutou), agora fiz questão de estar ali, naquele lançamento, entre tanta gente (novos e velhos) que ele sempre soube cativar.

 

Visitantes, apresento-vos o Padre Júlio Lemos:

 

A representante da Editora Papiro, Andreia Varela, o Presidente da Câmara de Odemira,  António Camilo, e o Bispo de Beja, D. António Vitalino, bem como o próprio Padre Júlio.

 

É com o maior orgulho que me incluo no grupo de amigos deste homem.

Fotos HM

 

 

Um grande abraço para ti, Júlio!

 

 

Visitante 

 

 

 

Sinto-me: orgulhoso
Música: "Estou pensando em Deus" (Pe. Zezinho)

GENESIS - FADING LIGHTS