De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Que Horas São?

Quem vem lá???

online

Posts recentes

"Estão Perdoados"

Quantos São?!?!? Quantos São?!?!

free html counters
Dell Coupons

 

 

 

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008

"Estão Perdoados"

 

"Estão perdoados"

 

 

 

É esta singela frase que põe fim ao relato de um dos mais mediáticos casos de sequestro ocorridos em Portugal.

 

Este relato é-nos facultado no livro "20 HORAS". E quem o faz, com inteira propriedade e conhecimento de causa, pois acabou por ser o seu principal interveniente, é o Padre Júlio Lemos.

 

O lançamento do seu livro foi no passado domingo, dia 21, na Casa do Povo de Sabóia.

 

Uma Casa do Povo pequena para tanta gente - quer de Sabóia, quer de outros lugares onde ele deixou a sua marca - que fez questão de estar presente.

 

Eu tive ocasião de traçar aqui um pequeno perfil, baseado na minha convivência com o Júlio.

 

Dele diz  D. António Vitalino, Bispo de Beja, no prefácio do seu livro:

 

"Realmente o Pe. Júlio é diferente e não deixa ninguém indiferente. A sua alegria e espontaneidade no modo como vai ao encontro das pessoas e testemunha a sua fé em Jesus Cristo atrai uns e deixa outros estupefactos" 

 

Pois bem, tal como estive presente na sua ordenação como sacerdote (uma coisa que ele tanto almejou e pela qual tanto lutou), agora fiz questão de estar ali, naquele lançamento, entre tanta gente (novos e velhos) que ele sempre soube cativar.

 

Visitantes, apresento-vos o Padre Júlio Lemos:

 

A representante da Editora Papiro, Andreia Varela, o Presidente da Câmara de Odemira,  António Camilo, e o Bispo de Beja, D. António Vitalino, bem como o próprio Padre Júlio.

 

É com o maior orgulho que me incluo no grupo de amigos deste homem.

Fotos HM

 

 

Um grande abraço para ti, Júlio!

 

 

Visitante 

 

 

 

Sinto-me: orgulhoso
Música: "Estou pensando em Deus" (Pe. Zezinho)

GENESIS - FADING LIGHTS