De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Posts recentes

De regresso...

Seguidinhas...

Andando pela "Montanha Ru...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

E o Guga?...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

Voltando a pôr a escrita ...

Voltando a pôr a escrita ...

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Domingo, 18 de Janeiro de 2009

A minha saga hospitalar (conclusão)

 

 

 

Boa noite, Visitantes

 

 

Estava a esquecer-me que, na segunda-feira, irrompeu pela minha enfermaria dentro esta menina...

 
Aproveitou uns tratamentos no Hospital dos Capuchos e fez-me uma visita-surpresa. Foi muito agradável revê-la.

 

Na quarta feira, dia 14, após a habitual alv... uuuuuaaahhhhhh ... alvorada das seis da manhã (tira febre, muda penso, mede tensão, toma remédios na veia...yaaah meuuu...), uma ida ao banho... e depois um pequeno interregno sonífero até cerca das oito e trinta.

 

Porquê esta descrição, perguntam vocês?...

 

Porque este foi o dia do meu primeiro pequeno almoço após um período de jejum forçado!!!!

 

Tomei uma chávena de café com leite e um pãozinho com manteiga! Mas aquela coisa foi mesmo deliciosa!!!

 

Oh para mim!, depois de tomar esse opíparo pequeno almoço!!!

 

 

HM

 

A meio da manhã, a minha médica (La Españolita! Olé!!!) visitou-me e examinou a minha cicatriz. La chica decidió que en el dia seguinte iria ser retirado o dreno pelo qual era expelido o líquido proveniente da zona (agora vazia) da vesícula.

 

Espero que não sejam impressionáveis... Mas imaginem que isto é parte do traçado da futura linha do TGV...

 

HM

 

Não houve mais novidades durante o dia.

 

À hora do jantar (que, a propósito, foi carne de vaca cozida com arroz alegre, precedido de uma sopinha de legumes e rematado por um belo doce da avó - quem diria?...), apercebi-me de algum reboliço na sala da enfermeira-chefe.

 

Mais tarde, no decurso do meu habitual passeio de desentorpecimento, deparou-se-me dentro do gabinete da Enfermeira-Chefe esta maldade, este autêntico suplício de Tântalo! Uma caixa de bombons em cima da mesa de reuniões!!!! AAAAAAGGGGHHH!!!!!

 

HM

 

 

Na quinta-feira, dia 15, depois das habituais rotinas (acho que já não é preciso descrevê-las de novo, pois não?...) e do pequeno almoço, fui deitar-me um pouco...

 

... E eis que me entra pela enfermaria dentro uma menina de bata branca que me disse vir a mandado de outra pessoa.

 

Ainda pensei que viesse da parte de mi querida medica "La Españolita". Mas não. E, quando olhei bem para a cara desta nova visita, vi ali uns traços herdados de alguém que já conhecia antes.

 

Era a filha mais nova da Carmenzita .

 

Depois de um almoço de peixinho assado com batatas coradas (bem bom!), deixei-me andar por ali (que remédio, não é?).

 

Ao fim de tarde, fui à sala de pensos e coloquei-me nas mãos ágeis de uma jovem e simpática enfermeira, que me retirou o dreno (é uma sensação estranha vermos algo a ser retirado de dentro do nosso corpo...) e me livrou do "saquinho dos fluidos"....

 

E pronto, eis aqui "a linha do TGV", sem dreno nem "saquinho"...

 

HM 

 

 

Ainda nessa quinta feira, recebi uma boa notícia. "La Españolita" habló que yo podría ter alta na sexta-feira.

 

Olhem só a minha cara de satisfação...

 

HM

 

Dei a novidade à minha estimada esposa, com imediatas instruções para que me trouxesse um saco com roupa "civil" quando viesse à visita.

 

Ela assim fez (é bem mandada, a pequena!)

 

... E as horas foram passando...

 

HM

 

E os cabelos branqueandoooo

Mas o Tejo é sempre novoooo

 

 

 

 

Na sexta-feira, dia 16, Oh! dia glorioso!, Oh! hora que nunca mais chegas!, Oh, doente impaciente!, estava eu à espera de uma médica...

 

... E recebi a visita de duas...

 

... Que não foram de modas!... Armadas de utensílio apropriado, lançaram-se à minha cicatriz e, com denodo e arreganho, extrairam-lhe parte dos agrafes.

 

Depois, preencheram-me os almejados papeis, eu vesti a minha roupa civil e....ALA QUE SE FAZ TARDE!!!!

 

HM 

 

 

E assim se conclui a minha saga hospitalar.

 

Quero expressar aqui o meu profundo agradecimento a todo o pessoal, de enfermagem e auxiliar, do Serviço 5 - Sala 1 do Hospital dos Capuchos, bem como à Dra. Vanessa "La Españolita".

 

Foram todos de um profissionalismo inexcedível - e de uma boa disposição inultrapassável também (embora eu ache que ajudei à festa...).

 

O mal do nosso sistema de saúde decerto não passa por pessoal como este.

 

Quanto a vocês, Visitantes, tenham uma boa semana.

 

 

Visitante

 

 

Sinto-me:
Música: "Dancing in the Street"
Publicado por Visitante às 23:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
24 comentários:
De * * Grilinha * * a 19 de Janeiro de 2009 às 13:32
Que bela reportagem.

A comidinha dos Capuchos é boa (comparada com a dos outros hospitais por onde costumo veranear)
O serviço onde estavas tem uma copa própria o que ajuda a manter a comida quentinha.

Ai aqueles chocolates!!!
Para a próxima vou avisar a Cândida (enfª Chefe) que esconda aquelas tentações dos doentes gulosos

Quanto aos pontos .... (mais parece uma cremalheira de tubarão)

Já percebi que foste bem tratado (naquele dia que lá passei vi que estava lá o enf Valente que é um profissional excelente - já carregou muito comigo ao colo e passou 1 noite a arrefecer-me com gelo quando tinha 42º devido á cepticemia)

O que importa é que não seja necessário lá voltares para mais nenhuma facada.

Os pontos são fáceis de tirar e o alívio que dá andar sem eles a arrepanhar a pele!!!

Vai dando noticias que eu estou rpontinha para ficar no Egas Moniz com mais uma crise de pedras da vesicula que ninguém arrisca tirar.

Nota: o meu novo eeepc com a net movel é uma maravilha
De Visitante a 19 de Janeiro de 2009 às 22:09
Olá, Grilinha

A comida dos Capuchos conseguia ser saborosa, apresentável e tinha qualidade.

Os pontos... já foram , hoje de manhã

Os profissionais daquele serviço são todos excelentes. Não tenho razão de queixa de nenhum deles.

Não te esqueças de me dares novidades sobre a tua visita ao Egas Moniz, ok?

Beijinho
Visitante

Comentar post