De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Posts recentes

De regresso...

Seguidinhas...

Andando pela "Montanha Ru...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

E o Guga?...

Uma ida à Motorclassico 2...

Uma ida à Motorclassico 2...

Voltando a pôr a escrita ...

Voltando a pôr a escrita ...

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

Uma visita, com algumas memórias de infância, a Alcochete

 

Olá, Visitantes

 

 

A Teresa desafiou-me para fazer uma visitinha a Alcochete.

 

Ontem respondi ao desafio... e lá fui eu!...

 

Eu tenho algumas ligaçõe sentimentais a esta vila, pois, quando eu era criança, passava aqui algumas férias com uma das minhas tias e os meus primos, antes de eles emigrarem para os Estados Unidos.

 

Mas "passemos à frente, que atrás vem gente".

 

Contratado que foi este motorista - não o recomendo, pois o gajo é um perigo para a via pública e para a sanidade mental dos seus passageiros... -, aqui estamos nós a caminho de Alcochete, via Ponte Vasco da Gama...

 

Para se entrar em Alcochete por esse lado, temos de passar na área  da Reserva Natural do Estuário do Tejo, com os seus sapais, os locais de nidificação das aves e... hã?... não é assim?... Ah, pois, está certo... O Freeport...

 

Entramos em Alcochete, e a Praça de Toiros é já ali.

 

... Arrumamos o DJ  nesta rua e saímos do carro a "carregar no botão". É imediato!

 

Passamos à Igreja Matriz...

 

... e à Câmara Municipal...

 

Hmmm... quem diria?... O "Engº" da Grilinha tem uma rua?...

 

Estátua de homenagem ao salineiro.

 

Posto de Turismo, nas traseiras da Igreja da Misericódia.

 

O molhe. 

 

No meio do molhe, a vista da zona ribeirinha de Alcochete para montante...

 

... e para jusante...

 

...  Nesta avenida.... 

 

...Nesta avenida, afluem as recordações. Memórias dispersas, pequenas coisas que tenho guardado comigo por mais de 40 anos...

 

...As visitas que fazíamos à minha tia. Nessa altura, apanhávamos a ligação fluvial no Terreiro do Paço. Ainda me lembro das viagens de 1h30m no "Renascer" ou no "Sul Expresso", que se pode ver na foto por trás deste miudo...

MAM

 

...A chegada do barco ao molhe, antecipada de um longo toque de sirene... 

 

...Os dias passados numa humilde casa térrea que existia neste espaço, já demolida para dar lugar a outra bastante mais habitável...

 

As brincadeiras deste miúdo no terreno fronteiro à casa...

MAM

 

...hoje impossíveis, porque aquele descampado deu lugar a várias urbanizações.

 

Uma passagem pelas salinas...

 

 

... e as memórias de outra casa (hoje, infelizmente, ao abandono), cujo primeiro andar foi habitado pela minha tia. Memórias de um miudo de sete anos que se empoleirava no muro para, alto e bom som (precisamente porque achava que ninguém o ouvia hihihi), debitar todo o reportório de palavrões que já tinha aprendido... Mas vocês já viram o descaramento do pirralho?...

 

As instalações, hoje desactivadas, da "Seca do Bacalhau".

 

A praia fluvial, com a zona da Cintura Industrial de Lisboa na outra margem do Tejo.

 

A visão de Alcochete a partir da praia...

 

Por fim, um saltinho à Praia Fluvial do Samouco...

 

... que tem uma vista muito bonita, com um pôr do sol muito... OH PÁ, DESVIA-TE DAÍ!!!

Fotos HM, excepto as assinaladas

 

 

Tenham uma boa semana

 

 

Visitante

 

 

 

Sinto-me:
Música: "Fado Alcochete" (João Ferreira Rosa)
Publicado por Visitante às 12:50
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
23 comentários:
De Joana Neves Cotovio a 21 de Setembro de 2009 às 15:42
Ena pá... é so viagens e ir pa ramboia :P:P
De Visitante a 21 de Setembro de 2009 às 20:29
Olá, Miuda Loirita

Há muito tempo que não te via por aqui.

Esta viagem foi bastante curta. Rambóia, há sempre hehehehe.

Beijinho
Visitante

Comentar post