De Isabel Alegria a 10 de Abril de 2010 às 17:57

Henrique, olá!
Também tive o provilégio de conhecer a velha aldeia da luz, já só lá habitavam meia dúzia de pessoas e as restantes já se tinham mudado.
Estive no centro junto ao café e á igreja e falei com uma senhora idosa que teimava em não querer mudar-se...
Já lá voltei, isto é, á nova aldeia da luz, mas as pessoas teimam em não aceitar por várias razões, muitas não sabem bem o porquê, porque as casa são todas iguais, porque falta não sei quê á igreja, porque a praça de touros não está bem localizada... enfim, é a saudade...
E se fosse connosco?!
Beijinhos
Isabel
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.