De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Posts recentes

Dando Graça aos Prazeres....

Mais prazeres....

Na tabuada, recitávamos: ...

Muitos Prazeres...

Da Baixa até à Estrela...

Não cai nem o Carmo nem a...

Senhor Presidente, Senhor...

Natural de S. Sebastião d...

Uma vintena...

Memórias de um Músico de ...

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Segunda-feira, 1 de Novembro de 2010

Não cai nem o Carmo nem a Trindade (parte 2... ou será parte 24?)

 

 

DR 

 

 

Olá, Visitantes

 

 

Enquanto continuo sem pachorra nem inspiração para escrever (espero que isto me passe depressa...), vou actualizando o meu blog "Eléctricos".

 

Agora calhou a vez da carreira nº 24.

 

Vejam aqui como se dava uma volta a grande parte de Lisboa.

 

 

Tenham uma excelente semana

 

 

Visitante

 

 

Música: O Amarelo da Carris
Sinto-me:
Publicado por Visitante às 17:53
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 24 de Outubro de 2010

Senhor Presidente, Senhores Deputados...

DR

 

 

Senhor Presidente, Senhores Deputados:

 

 

Serve esta pequena intervenção para manifestar perante Vossas Excelências mais uma via.

 

Só que não é a "terceira via", nem uma "via rápida", Senhor Presidente e Senhores Deputados.

 

Trata-se, apenas e só, de uma das carreiras de carros de tracção eléctrica (daqueles com "trolley" ligado a cabo aéreo, caso Vossas Excelências não saibam) que servia este Palácio de S. Bento.

 

Se a oposição concordar, denominaremos esta via por 22 / 23 - S. Bento

 

Tal via (que, conforme acabei de demonstrar, por uma questão de economia e rentabilização de meios, afinal eram duas) poderá ser consultada neste gabinete (a primeira versão) ou neste departamento (a segunda versão).

 

Tenho dito!

 

 

 

Visitante

Sinto-me:
Música: "Eléctrico de Lisboa" (Gil do Carmo)
Domingo, 10 de Outubro de 2010

Natural de S. Sebastião da Pedreira?...

 

 

Olle S. Nevenius

 

 

Olá, Visitantes

 

 

 

Sem dúvida que a freguesia de S. Sebastião da Pedreira é aquela que tem o maior índice de natalidade do País.

 

Mas o que muitos de vocês não sabiam é que uma carreira de eléctricos "nascia" em S. Sebastião.

 

Querem ver qual? Ora dêem uma espreitadela ao meu blog "Eléctricos"

 

 

Tenham uma excelente semana

 

 

Visitante

 

Música: "Eléctrico de Lisboa" (Gil do Carmo)
Sinto-me:
Terça-feira, 5 de Outubro de 2010

Uma vintena...

DR

 

 

Olá, Visitantes

 

Eis-nos chegados à carreira nº 20, que vocês poderão ver no blog "Eléctricos" em duas versões.

 

Esta é, talvez, a carreira a que estou mais ligado, pois nela me transportei durante muitos anos de casa para o trabalho. Em 20 minutos de percurso, tinha tempo de ler o jornal da manhã, ritual que depois prolongava no café antes de entrar ao serviço.

 

Ainda viajei nos carros como o da foto, e, em pleno verão, assisti divertido a algumas discussões acaloradas (de temperamento, também... hehehe), pois estes modelos tinham janelas de correr transversalmente e não "de guilhotina", como todos os outros. Se a janela corria para um lado, alguém tinha de ficar prejudicado...

 

Enfim, tempos que já não voltam, mas que me ficam gravados na memória.

 

 

Aproveito para pôr aqui uma imagem centenária.

 

Joshua Benoliel

 

Em Março de 1910, um eléctrico "S. Luiz" "foi às compras" a esta loja da Rua da Misericórdia. Vinha do Largo da Trindade (antigamente os carros do Carmo entravam por aqui na Rua da Misericórdia;  só depois é que passaram a circular pelo Largo Trindade Coelho), descarrilou e BUM!...

 

 

Tenham um excelente feriado

 

Visitante

Sinto-me:
Música: "O Amarelo da Carris"
Segunda-feira, 20 de Setembro de 2010

Memórias de um Músico de Baile - Uma História começada em Lisboa e acabada em Cabrela (concelho de Sintra)

 

 

DR

 

 

 

Mês de Junho, Arraiais Populares de Lisboa, Largo Martim Moniz.

 

Nessa altura, a configuração desta praça não tinha nada a ver com o que é hoje.

 

Aliás, vocês ficariam abismados com as transformações que toda aquela zona sofreu desde os anos 40 até à actualidade. Quem acompanha o meu blog "Eléctricos" já viu várias fotografias da área. Não tem nada a ver, pois não?

 

Mas vamos lá, vira o disco e toca a música...

 

Conforme foi dito mais acima, estávamos no mês de Junho e decorriam os Arraiais Populares de Lisboa.

 

O palco estava montado no lado poente da praça (à direita de quem vem da Rua da Palma e se dirige para a Praça da Figueira), e não tinha qualquer cobertura.

 

Pois bem, estávamos nós todos satisfeitos a tocar e o pessoal todo divertido a dançar as marchinhas populares apropriadas ao evento...

 

... quando São Pedro (provavelmente enciumado de tanto falarmos apenas de Santo António) se decidiu a mandar uma daquelas "cargas d'água" só possíveis em plena época estival, que não fazem grande mossa, mas molham! - e de que maneira!!!

 

Choveu durante uns bons trinta minutos...

 

... e como o palco não tinha qualquer cobertura, o material ficou todo encharcado, o que desde logo nos impediu de continuar a actuação.

 

(Valeu aos organizadores que era já 01:00 da madrugada, pelo que não houve grande prejuízo para eles...)

 

Entretanto, eis "cinco gatos pingados", molhados dos pés à cabeça, a arrumarem as suas coisas e maldizendo as suas vidas no mais sonoro e colorido vernáculo possível.

 

No dia seguinte, a banda chegou a Cabrela (Sintra). E chegou BASTANTE MAIS CEDO...

  

... pois, passado um bocado e para quem quisesse ver, a banda estava a dar uma "matinée" extra...

 

... Com efeito, quem naquela tarde passasse pela colectividade da Cabrela, poderia apreciar o espectáculo de cinco maganos em cima de um palco, de cu para o ar, armados de maciças doses extras de paciência e de... SECADORES DE CABELO  nas mãos, assestados aos  instrumentos todos desaparafusados e com as electrónicas entranhas expostas...

 

Felizmente, o material "sobreviveu" à chuvada e os músicos, apesar do "duche extra" da noite anterior, escaparam às gripes (que não as havia "das aves" na altura).

 

 

Visitante

 

Sinto-me:
Música: "Rain" (Madonna)
Publicado por Visitante às 21:47
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos