De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Posts recentes

Para ambos, neste dia 1 d...

PEDAÇOS DE LUZ

CHOVE

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Domingo, 1 de Abril de 2007

Para ambos, neste dia 1 de Abril...

Não vou escrever nomes.

Mas sim, trata-se de ti, meu cunhado ...

"Ontem", dia 31 de Março de 1980, fechavas os olhos para sempre, nos braços da minha irmã, minado por doença incurável que te finou aos 26 anos de idade.

"Hoje", dia 1 de Abril de 1980, o teu corpo saía da Igreja de Linda-a-Velha com destino ao Cemitério de Oeiras, onde ainda hoje dormes o teu sono eterno.

"Hoje", dia 1 de Abril de 1980, o teu filho mais novo completava um tenro ano de idade.

(Nem de propósito, parece mentira, não é?)

Em tua memória, "hoje", dia 1 de Abril de cada ano, o teu filho mais novo olvida o seu aniversário, não o celebrando e ausentando-se para longe.

É a sua maneira de demonstrar a sua dor e honrar a tua memória.

 

Meu sobrinho mais novo:

Hoje, 1 de Abril de 2007, em que completas 28 anos, estás longe de casa, embora acompanhado da pessoa que amas.

Mas quero que saibas que, embora "cumprindo a tradição de me atrasar com os parabéns", não me esqueço de ti.

Um abraço do

Teu Tio

Que te adora e ao teu irmão

 

 

 

Sinto-me:
Música: "Missing You" (Diana Ross)
Quinta-feira, 15 de Fevereiro de 2007

PEDAÇOS DE LUZ

Foto H.M.

Praia Santa Cruz

 

Num crepúsculo cinzento
O lusco-fusco me seduz
Contemplo o horizonte
No areal de Santa Cruz
Nesta aparente obscuridade
Vejo rasgos súbitos de luz
 
Pego na câmara
Tiro uma foto
Vejo o resultado
... gosto...
Decido publicá-la
Em exercício narcisista
Na secreta e louca esperança
De ser tido como um "artista"
 
Ao menos que me exprima
Através desta imagem...
E que mantenha a auto-estima
Mesmo que agora esteja na margem
 
Pois quanto ao resto...
Apenas me resta um sentimento funesto
De uma obscuridade permanente
Mas rompida vagamente
Por pedaços de luz intermitente
 
 
 
Praia de Santa Cruz, 06 ABR 2006
Sinto-me: Apático
Música: "You Have Been Loved" (George Michael)
Publicado por Visitante às 20:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007

CHOVE

Conduzo o meu carro sem rumo certo
Os olhos na estrada
A cabeça não sei onde
Na minha alma apenas um deserto
Mas com a memória bem marcada
Com perguntas que ninguém responde
 
Chove copiosamente,
Distorcendo as imagens da minha janela,
Mas permitindo também que ninguém repare
Que, de saudades, tristemente,
As lágrimas corram pelo meu rosto
Sem que nada ou ninguém as pare.
 
Paro na berma e olho o mar a bater
Bravio
Sinto-me pequeno perante este poder
... calafrio ....
A ondas vão e vêm
Em corropio
A espuma ergue-se em cortina
num ar húmido e frio
 
 
Retomo a estrada
Finco as mãos no volante
Faço juras a mim mesmo
Que nego no mesmo instante
 
Tento esconder a minha dor
Nada mais posso fazer
Senão seguir o caminho
Enquanto continua a chover
r
r
Visitante
Sinto-me:
Música: "If Leaving Me Is Easy" (Phil Collins)

GENESIS - FADING LIGHTS