De visita, visitado, visitando...

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Posts recentes

No dia seguinte, comecei ...

Comecei "Gelado" e virei ...

Outras Visitas

tags

todas as tags

Arquivos

subscrever feeds

Terça-feira, 30 de Junho de 2009

No dia seguinte, comecei "Mexido" e acabei "Gonzado"

 

 

Pois foi!

 

Este vosso amigo quis experimentar o "Mexa-se na Marginal".

 

O meu joelho vai precisar de ser operado, isso não há dúvida nenhuma. Lá para Outubro tratarei desse assunto, tanto mais que não me sinto desconfortável.

 

E apesar de neste momento não poder correr, ainda posso andar. Ora, quando ando, ANDO!

 

Mas voltemos ao "Mexa-se na Marginal". Como muitos de vocês já sabem, este evento consiste em podermos circular a pé, de patins, de bicicleta, etc., na Av. Marginal, que é fechada ao trânsito automóvel. Nesse espaço, existem alguns locais patrocinados por diversas entidades de um modo ou outro ligadas à prática desportiva.

 

Tudo isto para vos dizer que me puseram a andar... E adivinhem quem me pôs a andar?... Sim, foram as "duas comadres"!

 

Combinado que foi o encontro junto ao restaurante "Mónaco", eu decidi-me a  fazer um "programinha extra".

 

Como tal, viajei de comboio entre o Cais do Sodré e a Cruz Quebrada.

 

HM

 

...onde me apeei. Apresento-vos o calçadão da Gibalta, onde tantas vezes fazia a minha corrida vespertina. Espraiei os olhos por este percurso...

 

HM

 

... e meti pernas ao caminho. Tinha cerca de 1.500 metros pela frente até ao final do calçadão... coisa pouca!

 

HM

 

Aqui faltavam cerca de 250 metros.

 

 

HM

 

A chegada ao ponto de encontro, na curva do Mónaco, e os cumprimentos da praxe... UI!!!  Olha que o de baixo é meu, menina!!!

 

CC

 

Aí iniciámos uma caminhada de 7 kms, que nos levou até à Escola Náutica em Paço d' Arcos e volta.

 

Quando percorremos a Avenida Marginal de carro, não nos damos conta de alguns pormenores, pois as características desta estrada não nos permitem apreciar a paisagem com a atenção que esta merece. No entanto, quando andamos a pé... olhem só!

 

HM

 

HM

 

HM

 

Estava a chover , o que fez desmobilizar muita gente. Mas quem enfrentou este tempo certamente se sentiu compensado.

 

HM

 

Perto da curva dos Três Pinheiros, estava colocado um grupo de bicicletas fixas, pedaladas por praticantes assíduos (e outros talvez nem por isso), todos monitorizados por um instrutor. As "duas comadres" quiseram participar e insistiram para que eu o fizesse também. Embora renitente ao princípio (pois, por um lado, a minha experiência com bicicletas limitava-se à condução esporádica de "pasteleiras", e, por outro, não sabia como iria reagir o meu joelho) lá alinhei. E, claro está, tive problemas, pois a bicicleta fixa, embora seja ajustável em comprimento e altura, não o estava para o meu corpo. E assim me debati mais do que pedalei... Mas nada como aprender com os erros...

 

Depois de um bocadinho, lá retomámos o percurso de regresso. Um cafezinho na sede dos Escuteiros de Caxias - as duas "comadres" estavam autenticamente a "aguar" pelos bolinhos hehehehe - e demos por concluída a nossa manhã..

 

HM

  

Aqui está uma visão da Marginal, junto à estação de Caxias...

 

HM

 

... Eh pá!, sai da frente que estragas a paisagem!

 

HM 

 

À noite, foi novamente uma ida de trabalho a Tires. 
 

Tive ocasião de assistir ao concerto de Paulo Gonzo, uma vez mais com as "duas comadres" como penduras.

 

Mas antes... toca de comer qualquer coisa boa numa das tasquinhas (mas desta vez não mostro nada à Isa Guerreiro para não a fazer sofrer... hehehehe)!...

 

Quanto ao espectáculo, foi bom ver actuar o Paulo (um dos autores/cantores que me gabo de conhecer pessoalmente, desde os tempos em que ele e o João Allain formavam o núcleo duro da "Go Graal Blues Band").

 

Rodeado de um excelente naipe de músicos, soube cativar a audiência, que participou activamente (e não foi preciso guincharia nenhuma - afinal, a faixa etária era um pouco superior rsss)  e com ele cantou os seus êxitos (certas pessoas da assistência tentavam cantar, mas isso é outra história...).

 

HM

 

E assim se encerrou uma semana bem movimentada.

 

Tenham uma boa tarde

 

 

Visitante

Sinto-me:
Música: "So Do I"
Domingo, 28 de Junho de 2009

Comecei "Gelado" e virei "Anjinho"

 

 

Boa tarde, Visitantes

 

 

Como "tenho de pôr a escrita em dia", aproveito uns momentos livres para esse efeito.

 

Ainda mal refeito da noitada de 12 para 13 deste mês, e eis que este vosso amigo está de novo "on the road", munido de doses colossais de paciência para aturar as "duas  comadres".

 

E foi assim que "caímos de pára-quedas" no Festival do Gelado em Cascais, na Cidadela.

 

Alguém começou com "Ah e tal, porque torna, e porque deixa, a Santini isto, a Santini aquilo".

 

"Tá beemm, prontoos, a gente vai à Santini". E lá nos colocámos na fila para os gelados da Santini. Fila algo extensa, aliás, o que era bom sinal: os gelados eram bons.

 

Uma instituição bancária patrocinava a oferta de uma bola de gelado de cereja, mediante a apresentação de um dos cartões de crédito constantes de um "placard" colocado à entrada da loja.

 

Eu sou cliente dessa entidade. Mas não tinha nenhum daqueles cartões, ao contrário das "duas comadres" que exibiam irónica e pondunorosamente os seus.

 

Resultado: eu não tive direito a oferta...

  

Devo confessar-vos que sou um sereno apreciador de gelados. Por isso, se não puder provar as iguarias, não fico frustado como o espécime que a seguir se exibe...

  

CC

 

 

HM

 

Como tal, limitei-me a pagar a bolinha extra de cereja e assim fazer companhia às duas meninas... E soube-me bem!

 

CC 

 

A seguir, fomos a Tires. Eu tinha de ir lá em trabalho, pelo que se aproveitou para vermos o concerto de Angélico.

 

Sejamos frontais: Angélico pode ter uma figurinha bonita e atrair muitas teenagers (que me deixaram uma zoada infernal nos ouvidos devido aos guinchinhos que debitavam constantemente durante a exibição do rapaz...), mas tem muito que aprender... principalmente, tem de aprender a cantar.

 

CC

 

O que vale é que descobri no largo do arraial que, afinal tinha uma... 

 

CC

 

... que prontamente reivindiquei e por ali me fiquei enquanto o espectáculo (e a gritaria) prosseguiram.

 

No dia seguinte...

 

Bom!, no dia seguinte a história foi outra!

 

 

Visitante

 

 

Sinto-me:
Música: "Sitting on the Dock of The Bay"